Vitória nos relacionamentos

Ao começarmos nosso estudo sobre “relacionamento”, inicio pedindo a Deus para restaurar os relacionamentos “quebrados”, enfraquecidos ou mesmo aqueles que parecem estar destruídos.
 
Vamos pensar! Afinal o que é um relacionamento saudável? A resposta não poderia ser outra. São aqueles que nos aproximam de Deus; nos aproximam das pessoas; e nos ajudam a ser pessoas mais maduras.

 
A bíblia fala dessas três áreas de crescimento espiritual em Mateus 22:37-39 “Respondeu-lhes Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo semelhante a este, é: amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Se assim conseguirmos nos tornaremos pessoas que Deus pretendia que fôssemos, cumprindo então, as obras que Ele preparou para nós praticarmos. Efésios 2:10 diz: “Pois somos feitura dele, criados para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.”
 
Se pedíssemos a alguém para nos dizer como deveria agir pessoas que vivem um relacionamento saudável, provavelmente ouviríamos que:
- deveria ser alguém que nos aceite;
- alguém que nos ajude a ser a pessoa que Deus deseja.

 
Verdadeiramente gostaríamos de ter pessoas em nossa vida que nos ajudassem. Mas, a questão é: Como reconhecê-las? Onde elas estão?
 

Mesmo com dificuldade, precisamos compreender que relacionar-se com outros é uma atividade espiritual e, é claro, que em todo tempo, necessitamos nos avaliar, como estamos nos relacionando?  Não são apenas a ORAÇÃO e o SERVIÇO que são indicadores que estamos crescendo espiritualmente e sim, os relacionamentos, são ótimos indicadores de nossas vidas espirituais.
 
Lembremo-nos: “Precisamos uns dos outros para nos tornar o povo que Deus deseja”. Amar o próximo é próprio resumo qualitativo da lei. Quem não ama não conhece a Deus!
 
Cada vez mais constatamos de que, o amor tem propriedades essencialmente comunitárias e que sua prática é uma realidade de caráter essencial nas escrituras. Precisamos nos relacionar com pessoas, não apenas porque é bíblico, mas porque somos humanos.
 
Agora que você já leu tudo isso responda:
1-Você é alguém relacional?
2-Você influencia outros para estar mais perto de Jesus, através de seus relacionamentos?
Pense nisso! Invista no potencial das pessoas abertas à mudanças, invista também nas pessoas difíceis. Deus faz isso o tempo todo. Ele ama, acredita, investe e perdoa.
 
Pra. Giselle Paiva
Psicóloga e especialista em sexualidade humana
 

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer